quarta-feira, 7 de maio de 2008

Como estou mais pra lá do que pra em função da gravidade que conseguiu me vencer sobre a moto, estou em câmera lenta... hehehehe.

E em homenagem à Gi e a Roberta que são duas mineiríssimas, recebi este texto por e-mail, do grande amigo Waldo Melazzo, lá não tinha a fonte, o tio Google tbm não soube informar, se alguém souber, por favor, ok? E caso já estiver por aki chefe, já sabe né? : -)


Só Mineiro Intende

Sapassado, era sessetembro, taveu
na cuzinha tomando uma picumel
e cuzinhando um kidicarne
com mastumate pra fazê uma macarronada
com galinhassada.

Quascaí de susto, quando ouvi um
barui de dendoforno, parecendo
um tidiguerra.

A receita mandopô midipipoca
dentro da galinha prassá. O forno isquentô,
o mistorõ o fiofo da galinha ispludiu!!!

Nossinhora! Fiquei branco quinen um lidileite
foi um trem doidimais!!!

Quascaí dendapia! Fiquei sensabê
doncovim, proncovô, oncotô.
Òiprocevê quelucura!!!
Grazadeus ningém simaxucô!!

Humbração procê......

PS.: Como não sou mineiro, tive que ler 3 vezes em voz alta cada linha pra entender.. :-)

3 comentários:

Яoьεяτα disse...

Ara sô, inda tem uns trem errado desstanto nessa proza ói:
"e cuzinhando um kidicarne
com mastumate pra fazê uma macarronada"... tinha de sê assim ói:
"e cuzinhano um kidicarne
com mastumate pramódi fazê uma macarronada"...

"Nossinhora! Fiquei branco quinen um lidileite""...
"! Fiquei branquim quinen um lidileite".

Anônimo disse...

huahuahuahuahuahua
Dicupa viu Roberta, é que ainda não tenho toda a desenvoltura com o dialeto mineirês... :-D
Ahh... mas largar mão da minha Mary (minha moto) ahhhhhh... vai demorar um pouco... hauuhahuauha
Bjos e até
sandro ian

Tribuna de Porciúncula disse...

Kinjustiça cum nóis sô! Esse fidumaégua numtem u kifazê...

 
© 2007 Template feito por Templates para Você