sábado, 15 de dezembro de 2007

O baiano e a nota de cem

Três da tarde. Dois baianos estão encostados numa árvore na beira da estrada.
De repente passa um carro a toda velocidade e deixa cair uma nota de cem reais que sai voando e cai do outro lado da estrada.
Depois de cinco minutos, um baiano fala pro outro:
— Ô, meu rei... Se o vento mudar a gente ganha o dia, oxente!

6 comentários:

Orkut de Bêbado... disse...

oi gi!
como seu cbox tá meio doido da cabeça... vo mandar aqui o que eu tava tentando mandar rsrrsrsrsrs

obrigado pelos elogios! adorei seu blog tambem! aceita parceria com um dos meus 2 blogs (ou com os dois) ?
a propósito... vc é muito linda!

http://orkutdebebado.blogspot.com
http://saidanetmoleque.blogspot.com

beijos!

Anônimo disse...

E dale mocinha, td bem??

Comentário sobre o blog em geral, tá ótimo...

Parabéns, o blog é muito legal mesmo!

Bjos e nos falamos por aí, ok?
sandro

° •.☆ Gi ☆.• ° disse...

Obrigada, Sandro!
Vc é mesmo um anjo!
Bjs

Charles Canela disse...

vc me fez lembrar a história do baiano que estava sentado debaixo de uma árvore no quintal. Ele vira para a mãe e diz: "mãe, aí tem remédio para picada de cobra?"
a mãe: não, menino! Ele: 'então vou morrer" a mãe: por que? é vem uma cobra ali e está na minha direção...

valeu, gostei do blog

° •.☆ Gi ☆.• ° disse...

Hahahahaha
Eu conhecia uma versão parecida, Charles.
Tadinhos dos baianos. Hehehe.
Que bom que gostou do blog! Volte sempre pra conferir as novidades!
Bjs

Ricardo Alves disse...

ainda bem ki sou cearense
quiááááááquiááááááquiááááááquiáááááá

 
© 2007 Template feito por Templates para Você